viajando o mundo e reduzindo o impacto

v

pela primeira vez na minha vida vou fazer uma viagem internacional. isso me deixou mais do que feliz, na real eu tô *vibrante* com essa possibilidade. 

Digital Art Waiting GIF by iiiamselina

não sei vocês, mas pra mim, viagem é = gasto. por mais que exista um orçamento e uma tentativa de não descambar tanto, acabo sempre gastando mais do que o planejado justamente naquilo que mais amo; roupa. pra essa viagem em específico – que ainda não vou contar o destino, me segue no instagram pra saber –  tive que comprar algumas roupas de praia porque as minhas provavelmente não seriam suficientes (quase não foram em capitólio) e acabei comprando uma peça extra pra levar na mala e usar por lá.

além de ter que controlar minhas finanças, nessa viagem resolvi fazer diferente e só comprar de marcas que:

a) tivessem um processo consciente de produção;
e/ou
b) fossem brechós;
e/ou
c) fossem de produção pequena/local.

esse planejamento tem rolado desde o começo e tô muito satisfeita com as escolhas que fiz até agora, e que vou compartilhar com vocês por aqui, se tudo der certo 🙂 consegui me manter muito dentro da proposta.

infelizmente a única coisa que não consegui comprar, foi o protetor solar que tinha planejado. queria ter comprado o da shock, por serem veganos e não terem alguns componentes que são péssimos pra pele e pro meio ambiente, mas o que escolhi tem um impacto menor por não ter oxibenzona na fórmula.

gif cachorro na mala
claramente a única mala da viagem sou eu risos

no meio do caminho vou contando pra vocês as minhas soluções pra reduzir meu impacto durante a viagem, porque pode parecer que não, mas a gente vai deixando um rastro por onde a gente passa como turista. as vezes é um país diferente, às vezes é no universo mesmo.

bora melhorar, né?

em nome da deusa.

sobre o autor

Júlia Duarte

comentar